quarta-feira, 15 de maio de 2013

15 Coisas Que Você Precisa Abandonar Para Ser Feliz

Copiado do Guia Ingresse, fiz questão de compartilhar esta excelente lista de fundamental reflexão, sobre tantos problemas que criamos dentro de nós.. e que nos fazem deixar de sermos mais. Vale a leitura e mais que ela, sua prática diária.

1. Desista da sua necessidade de estar sempre certo.

Há tantos de nós que não podem suportar a ideia de estarem errados – querem ter sempre razão – mesmo correndo o risco de acabar com grandes relacionamentos ou causar estresse e dor, para nós e para os outros. E não vale a pena, mesmo. Sempre que você sentir essa necessidade “urgente” de começar uma briga sobre quem está certo e quem está errado, pergunte a si mesmo: “Eu prefiro estar certo ou ser gentil?” (Wayne Dyer) Que diferença fará? Seu ego é mesmo tão grande assim?

2. Desista da sua necessidade de controle.

Estar disposto a abandonar a sua necessidade de estar sempre no controle de tudo o que acontece a você e ao seu redor – situações, eventos, pessoas, etc. Sendo eles entes queridos, colegas de trabalho ou apenas estranhos que você conheceu na rua – deixe que eles sejam. Deixe que tudo e todos sejam exatamente o que são e você verá como isso irá o fazer se sentir melhor.

“Ao abrir mão, tudo é feito. O mundo é ganho por quem se desapega, mas é necessário você tentar e tentar. O mundo está além da vitória.” Lao Tzu

3. Pare de culpar os outros.

Desista desse desejo de culpar as outras pessoas pelo que você tem ou não, pelo que você sente ou deixa de sentir. Pare de abrir mão do seu poder e comece a se responsabilizar pela sua vida.

4. Abandone as conversinhas auto-destrutivas.

Quantas pessoas estão se machucando por causa da sua mentalidade negativa, poluída e repetidamente derrotista? Não acredite em tudo o que a sua mente está te dizendo – especialmente, se é algo pessimista. Você é melhor do que isso.

“A mente é um instrumento soberbo, se usado corretamente. Usado de forma errada, contudo, torna-se muito destrutiva.” Eckhart Tolle

5. Deixe de lado as crenças limitadoras sobre quem você pode ou não ser, sobre o que é possível e o que é impossível. De agora em diante, não está mais permitido deixar que as suas crenças restritivas te deixem empacado no lugar errado. Abra as asas e voe!

“Uma crença não é uma ideia realizada pela mente, é uma ideia que segura a mente.” Elly Roselle

6. Pare de reclamar.

Desista da sua necessidade constante de reclamar daquelas várias, várias, váaaarias coisas – pessoas, momentos, situações que te deixam infeliz ou depressivo. Ninguém pode te deixar infeliz, nenhuma situação pode te deixar triste ou na pior, a não ser que você permita. Não é a situação que libera esses sentimentos em você, mas como você escolhe encará-la. Nunca subestime o poder do pensamento positivo.

7. Esqueça o luxo de criticar.

Desista do hábito de criticar coisas, eventos ou pessoas que são diferentes de você. Nós somos todos diferentes e, ainda assim, somos todos iguais. Todos nós queremos ser felizes, queremos amar e ser amados e ser sempre entendidos. Nós todos queremos algo e algo é desejado por todos nós.

8. Desista da sua necessidade de impressionar os outros.

Pare de tentar tanto ser algo que você não é só para que os outros gostem de você. Não funciona dessa maneira. No momento em que você pára de tentar com tanto afinco ser algo que você não é, no instante em que você tira todas as máscaras e aceita quem realmente é, vai descobrir que as pessoas serão atraídas por você – sem esforço algum.

9. Abra mão da sua resistência à mudança.

Mudar é bom. Mudar é o que vai te ajudar a ir de A a B. Mudar vai melhorar a sua vida e também as vidas de quem vive ao seu redor. Siga a sua felicidade, abrace a mudança – não resista a ela.

“Siga a sua felicidade e o mundo abrirá portas para você onde antes só havia paredes.” Joseph Campbell

10. Esqueça os rótulos.

Pare de rotular aquelas pessoas, coisas e situações que você não entende como se fossem esquisitas ou diferentes e tente abrir a sua mente, pouco a pouco. Mentes só funcionam quando abertas.

“A mais extrema forma da ignorância é quando você rejeita algo sobre o que você não sabe nada.” Wayne Dyer

11. Abandone os seus medos.

Medo é só uma ilusão, não existe – você que inventou. Está tudo em sua cabeça. Corrija o seu interior e, no exterior, as coisas vão se encaixar.

“A única coisa de que você deve ter medo é do próprio medo.” Franklin D. Roosevelt

12. Desista de suas desculpas.

Mande que arrumem as malas e diga que estão demitidas. Você não precisa mais delas. Muitas vezes nos limitamos por causa das muitas desculpas que usamos. Ao invés de crescer e trabalhar para melhorar a nós mesmos e nossas vidas, ficamos presos, mentindo para nós mesmos, usando todo tipo de desculpas – desculpas que, 99,9% das vezes, não são nem reais.

13. Deixe o passado no passado.

Eu sei, eu sei. É difícil. Especialmente quando o passado parece bem melhor do que o presente e o futuro parece tão assustador, mas você tem que levar em consideração o fato de que o presente é tudo que você tem e tudo o que você vai ter. O passado que você está desejando – o passado com o qual você agora sonha – foi ignorado por você quando era presente. Pare de se iludir. Esteja presente em tudo que você faz e aproveite a vida. Afinal, a vida é uma viagem e não um destino. Enxergue o futuro com clareza, prepare-se, mas sempre esteja presente no agora.

14. Desapegue do apego.

Este é um conceito que, para a maioria de nós é bem difícil de entender. E eu tenho que confessar que para mim também era – ainda é -, mas não é algo impossível. Você melhora a cada dia com tempo e prática. No momento em que você se desapegar de todas as coisas, (e isso não significa desistir do seu amor por elas – afinal, o amor e o apego não têm nada a ver um com o outro; o apego vem de um lugar de medo, enquanto o amor… bem, o verdadeiro amor é puro, gentil e altruísta, onde há amor não pode haver medo e, por causa disso, o apego e o amor não podem coexistir), você irá se acalmar e se virá a se tornar tolerante, amável e sereno… Você vai alcançar um estado que te permita compreender todas as coisas, sem sequer tentar. Um estado além das palavras.

15. Pare de viver a sua vida segundo as expectativas das outras pessoas.

Pessoas demais estão vivendo uma vida que não é delas. Elas vivem suas vidas de acordo com o que outras pessoas pensam que é o melhor para elas, elas vivem as próprias vidas de acordo com o que os pais pensam que é o melhor para elas, ou o que seus amigos, inimigos, professores, o governo e até a mídia pensa que é o melhor para elas. Elas ignoram suas vozes interiores, suas intuições. Estão tão ocupadas agradando todo mundo, vivendo as suas expectativas, que perdem o controle das próprias vidas. Isso faz com que esqueçam o que as faz feliz, o que elas querem e o que precisam – e, um dia, esquecem também delas mesmas. Você tem a sua vida – essa vida agora – você deve vivê-la, dominá-la e, especialmente, não deixar que as opiniões dos outros te distraiam do seu caminho.

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

6 Campings Para Este Carnaval

Aos que tem Santa Catarina como destino certo neste carnaval, segue abaixo seis sugestões de campings, todos (ou quase todos) bem conhecidos por muitos campistas. Contam com ótima infraestrutura, extensa área para instalação de barracas, muita sombra, estacionamento, boa quantidade de banheiros, portaria (alguns) e outras coisas mais. Vale muitíssimo a pena conferi-los.


Camping Beira Rio

    Onde: Guarda do Embaú - Palhoça-SC
    Web: http://www.campingbeirario.com.br/

Camping Lagoa Mar

    Onde: Garopaba-SC
    Web: http://www.lagoamar.com.br/

Camping Paraíso Tropical

    Onde: Mariscal - Bombinhas-SC
    Web: http://www.ptropical.com.br/

Camping Candango

    Onde: Canasvieiras - Floripa-SC
    Web: http://fuiacampar.com.br/camping/camping-candango/

Camping Caminho do Rei

    Onde: Canasvieiras - Floripa-SC
    Web: https://www.facebook.com/pages/Camping-Caminho-do-Rei/205555036248174

Camping Morro dos Conventos

    Onde: Morro dos Conventos - Araranguá/SC
    Web: https://www.campingmorrodosconventos.com.br/

Obs.: Postamos anteriormente "Sete" campings para este carnaval e um dos listados era o Camping dos Açores, localizado no Campeche. Entretanto, recebemos a informação de que este excelente camping infelizmente foi fechado recentemente.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Utilizar lona embaixo da barraca

Uma situação bastante comum, é ver campistas de primeira viajem levar lona em sua bagagem para instalar embaixo da barraca para manter a barraca livre de infiltrações. Entretanto, o que alguns não sabem é que, embora esta seja uma tarefa fácil, exige-se certa atenção, para que esta lona além de não perder sua utilidade, não passe a prejudicar o campista em sua estada.

Tamanho da Lona

Deve ser sempre menor que o tamanho do piso da barraca. Nunca do mesmo tamanho e jamais maior que o piso. Isto porque, na prática, a água da chuva irá escorrer sobre a parede da barraca diretamente para a lona e toda esta água que escorrer ficará acumulada entre a lona e o piso. Ao utilizar lona menor, a água escorrerá sobre a parede da barraca diretamente para o solo e será absorvida. A lona por sua vez, manterá sua função de evitar possíveis infiltrações causadas pela umidade do solo, sem acumular água embaixo da barraca.

Nota: comprar uma barraca de boa qualidade muitas vezes evita o trabalho de recorrer ao uso da lona. Invista em bons equipamentos. Para tirar suas dúvidas sobre como escolher sua barraca, confira o post anterior Qual barraca escolher.

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Qual barraca escolher

Esta é uma dúvida comum entre os campistas de primeira viajem, facilmente solucionada quando se entende alguns aspectos sobre acampamento e equipamentos. Algumas perguntas como "Aquela barraca mais barata a venda no supermercado suporta fortes chuvas? Possui boa ventilação? Qual é o melhor tamanho? O que é coluna d'água?" devem ser feitas antes da compra.

1. Coluna d'água

Via de regra, esta é a primeira característica a ser verificada. Refere-se a quantidade de água que o tecido da barraca suporta sem sofrer infiltrações. Ainda existem barracas sendo comercializadas sem esta informação, sempre exija saber. É aconselhável para uso no Brasil, barracas com 1000mm de coluna d'água. Para locais de chuvas fortes/frequentes coluna d'água de 1500mm ou mais - quanto maior a coluna d'água, maior é a impermeabilidade do tecido. Barracas com 600mm de coluna d'água não são recomendadas, pois em geral não suportam fortes chuvas, além de ser comuns relatos de usuários que as utilizaram sob chuva moderada (chuva fina) durante poucos dias, a qual a barraca não suportou - ocasionando infiltração.

2. Tamanho da barraca

Se pretende acampar em duas pessoas, é recomendável comprar uma barraca para três ou até quatro pessoas. Em geral, o fabricante indica no nome da barraca para quantas pessoas ela é destinada, exemplo: barraca Guepardo modelo VÊNUS 3 = comporta três pessoas. Comprar sempre uma barraca maior pois, normalmente os fabricantes não levam em consideração bagagens + utensílios do campista, por ser um fator que varia muito de um campista para outro. Assim, adquirindo uma barraca maior terá espaço satisfatório para repouso e acomodação de pertences. Barracas maiores são também recomendadas quando costuma-se acampar por vários dias consecutivos, já que a bagagem tende a ser maior.

Atenção ao utilizar colchão inflável de casal: é necessário verificar as medidas entre barraca e colchão para não haver surpresa ao chegar no acampamento.

Se pretende acampar em montanhas, é fundamental o uso de barracas menores e mais compactas, em geral que tenham 1,40m de altura aproximadamente (nunca muito mais do que isso) e que seja para uma ou até três pessoas. Barracas nessas características ficam melhor abrigadas na mata e mantêm maior estabilidade em meio a ventos fortes, comuns em montanhas. Vale ressaltar que a altura da barraca está diretamente ligada a sua ESTABILIDADE quando utilizada em montanhas.

3. Peso

Importante fator para montanhistas ou para aqueles que percorrem longas trilhas/distâncias. Ideal: barracas de até 3Kg, em virtude deste peso que se somará ao peso dos outros equipamentos e que serão carregados por longas horas. Uma alternativa para uso de barracas mais pesadas é que cada pessoa do grupo leve consigo uma parte dela, distribuindo assim seu peso.

Lembre-se de efetuar a montagem de sua barraca com atenção: escolher um local de solo plano, limpo, seco e com sombra, mantê-la devidamente esticada e sem "barrigas", montar corretamente as varetas, sem trechos desmontados ou quebrados, aplicar corretamente os espeques no solo e utilizar os tirantes (cordões), fixando-os corretamente para esticar ainda melhor cada um dos lados da barraca.